Países Árabes projetam elevar relações com Brasil a outro patamar além do comércio






São Paulo – Diplomatas e representantes de entidades do setor privado de países árabes discutiram o avanço no relacionamento das suas nações com o Brasil para um novo patamar nesta terça-feira (05) na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Presente na capital paulista em função do Fórum Econômico Brasil Países Árabes, a delegação árabe foi recebida pelo presidente da Fiesp, o empresário Josué


O secretário-geral da União das Câmaras Árabes, Khaled Hanafy, pediu a colaboração da Fiesp para que a relação do Brasil com os países árabes avance para uma aliança estratégica e seja mais que apenas comércio. Entre as sugestões vindas das lideranças do setor privado e da diplomacia árabe para que isso aconteça estiveram a criação de áreas brasileiras dentro das zonas industriais de países árabes, as trocas de produtos de maior valor agregado e a transferência de expertise.


Falando para a ANBA após a reunião, o superintendente da Fiesp, Antônio Carlos Costa, disse que já existe uma tradição muito grande de cooperação com os países árabes e que o desafio agora é deixar essa relação mais próxima e permanente para que ela possa prosperar em termos práticos para uma exportação de maior valor agregado. Foi discutida a criação de um grupo para fazer com que esse avanço no relacionamento para novas áreas e possibilidades aconteça.


“A gente tem já um relacionamento grande no agronegócio, existe já um relacionamento tradicional nessa área, mas a gente entende que é possível avançar, tanto do ponto de vista de um intercâmbio tecnológico, como foi falado, quanto de trocas comerciais da indústria de transformação de maior conteúdo tecnológico”, disse Costa. A ideia é que o grupo que poderá ser criado trate de questões levantadas na reunião como valor agregado, investimentos, parcerias e treinamento.


Além das lideranças e diplomatas árabes, como o decano do Conselho dos Embaixadores Árabes no Brasil e embaixador da Palestina, Ibrahim Alzeben, e o secretário-geral adjunto da Liga Árabe, Hossam Zaki, participaram da reunião o presidente da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, Osmar Chohfi, e o secretário-geral da entidade, Tamer Mansour, o presidente da Federação das Associações Muçulmanas do Brasil (Fambras), Mohammed Zoghbi, e o vice-presidente da Fambras, Ali Zoghbi, e outras autoridades, diplomatas e empresários essenciais na relação Brasil-Países Árabes.



(*) Com informações da ANBA







Fonte: https://www.comexdobrasil.com/paises-arabes-projetam-elevar-relacoes-com-brasil-a-outro-patamar-alem-do-comercio/

4 visualizações0 comentário